Professora é pega em flagrante com aluno e o que ela diz é surpreende

301 Moved Permanently

301 Moved Permanently


nginx

A polícia encontrou os dois dentro de um carro em uma movimentada avenida. Ao ser questionada sobre o ato a professora disse algo surpreendente.

Foto/Reprodução

O caso aconteceu na cidade de Tamarac, no estado da Flórida nos Estados Unidos. A americana Pamella Stigger de 33 anos foi surpreendida molestando um aluno de 15 anos de idade. Casada e professora de teatro a mulher e o menor estavam dentro de um carro que estava estacionado perto de um movimentado cruzamento de avenidas.

Os pedestres que passavam pelo local ficaram bem intrigados ao ver o carro estacionado em um lugar de muito movimento e resolveram acionar a polícia local. Quando a abordagem foi feita foi constatada a prática sexual em local indevido, e o abuso de menor de idade, crime caracterizado como pedofilia.

O menor foi intimado e compareceu à delegacia acompanhado de um responsável, o menino demonstrava esta muito apreensivo com a situação. Durante o depoimento o menor contou que a professora se ofereceu para levá-lo embora pois a aula havia terminado tarde. Segundo ele durante o percurso a professora parou o carro e o beijou. Quando perguntado sobre o ato sexual o menino contou que a professora começou a despi-lo e disse que não estariam fazendo nada de errado. De acordo com a polícia o menor contou que minutos antes da chegada da polícia o ato foi consumado.

De acordo com o jornal local ao ser interrogada a professora disse que foi seduzida pelo aluno para terem relações sexuais após a aula. O delegado de plantão não acreditou na versão de Pamella e decidiu mantê-la presa para um novo depoimento. Novamente diante das autoridades a professora mudou sua versão e disse que ela estava apenas ensinando o menor a encenar.

Mesmo o delegado não acreditamos nas versões dada pela ré, Pamella foi solta após pagar uma fiança no valor de US$ 80 mil. No entanto professora usará uma tornozeleira eletrônica para que possa ser monitorada pela polícia. A americana foi demitida da escola onde lecionava artes cênicas e está proibida de se aproximar do menores para quem dava aula.

Mesmo após essas medidas Pamella continua sendo investigada e o caso segue na justiça, caso seja condenada ela pode pegar até 15 anos prisão em regime fechado. Ela ainda corre o risco de perder permanentemente sua licença de professora.


Gostou? então deixe seu like!