Márcio Araújo explica motivo da torcida pegar tanto no seu pé

301 Moved Permanently

301 Moved Permanently


nginx

Márcio Araújo começou 2017 contestado como sempre pelo flamenguistas, ainda mais depois da chegada de Rômulo. Acreditavam que finalmente tinha surgido alguém para conseguir a barração do jogador, mas não foi bem isso que aconteceu. Mesmo começando na reserva, Márcio Araújo foi conquistando seu espaço e terminou o Carioca como titular e nos braços dos rubro-negros. Em uma entrevista para a Fox Sports, ele explicou o motivo dessa dificuldade de agradar os torcedores pelos clubes que passou.

”Acho que isso vai muito da questão do marketing pessoal. Sempre fui um jogador tranquilo, nunca gostei de dar entrevistas, ir em programas. Além disso, por conta da minha posição, sempre abdiquei de ir para o ataque, e acabo aparecendo menos para o torcedor. Isso é instinto, coisa natural minha. No início eu fazia mais, arrancadas, passes para gols, mas o meu instinto é de defender muito mais que atacar. Olho para frente me preocupando com o que está acontecendo atrás”, explicou em participação no Expediente Futebol.

Volante não se incomoda com rejeição (foto: ESPN)

Márcio Araújo garante que já está calejado deste problema, e que as vaias dos flamenguistas não vão prejudicar sua produção dentro de campo.

”Se me incomodasse com rejeição, eu já teria morrido no Atlético-MG, teria saído de lá para um time pequeno. Isso depende do jogador, uns sentem muito mais e acabam não chegando onde deveriam. Eu não sofro com isso, quem sofre mais é minha família”, disse.

 

 


Gostou? então deixe seu like!