Menina morre por doença grave causada por absorvente interno

632

A jovem Jemma Roberts, de apenas 13 anos, utilizava um absorvente interno para poder continuar treinando durante seu período menstrual. O que no entanto causou a chamada síndrome do choque tóxico, doença bacteriana relacionada ao uso de tampões que custou a sua vida.



A menina, nascida em Wigan, uma cidade na Inglaterra, procurou ajuda médica quando começou a sentir febre alta e a apresentar vômito e diarreia. O primeiro diagnóstico dado pelos especialistas foi de virose causada pelo novo vírus, que gera sintomas gastrointestinais sintoma que pode ser relacionado ao consumo de alimentos crus contaminados.

A menina foi indicada a voltar para a casa, mas pouco tempo depois os sintomas se agravaram e toda a família voltaram para o hospital. Nesse momento os médicos passaram a suspeitar da doença chamada síndrome do choque tóxico, confirmado pelo exame de sangue, que indicou a presença de bactérias do tipo estafilococos. Uma semana depois da internação, Jemma morreu por hemorragia cerebral.